Archive for the ‘Escola Bíblica Dominical (EBD)’ Category

Férias coletivas – EBD

dezembro 12, 2010

Olá pessoal…

Estou aqui para comunicar que a classe de jovens fará um “recesso de fim de ano”…hehe… Foi uma decisão que tomei junto com alguns alunos mais ou menos assíduos porque muitos de nós não estariam por aqui nesta época. Então NÃO teremos EDB nos dias 26 de dezembro e 02 de janeiro. Depois disso, a princípio, voltaremos normalmente no dia 09/01/2011, já com uma nova revista. Se a revista não chegar a tempo, pode ser que tenhamos que adiar a volta para o próximo domingo ou trabalhar algum outro assunto. Neste caso, já peço a sugestão de vcs sobre este possível assunto “avulso”.

Já quero informar a todos que, a partir do ano que vem, a EBD da Igreja como um todo sofrerá várias mudanças, com o objetivo de adequar-se às nossas necessidades reais.  O Pr. Nilton irá assumir a coordenação da educação religiosa e está com um projeto bem bacana, vindo da Convenção Batista. Então, mesmo que vc nunca tenha se interessado em vir para a EBD, peço que comece a pensar na educação religiosa como um todo, pois vc possivelmente irá responder a algum questionário ou pesquisa neste projeto e sua opinião é muito importante. A educação cristã é muito importante para o nosso crescimento e a EBD é uma das ferramentas possíveis par aisto, mas não a única. Vamos ajudar a melhorar esta área da nosa Igreja, que, com certeza, refletirá em crescimento espiritual de cada um de nós.

Um grande abraço a todos

P.S.: Até dia 19/12 tem EBD normal.

Anúncios

Calcanhar de Aquiles…

novembro 3, 2010

Vc conhece o mito de Aquiles?

Aquiles é um personagem da mitologia grega. Conta a lenda que sua mãe o teria mergulhado em um rio que o tornaria imortal. Para isso, ela o segurou pelo calcanhar, então, esta parte do corpo dele permaneceu sem a imortalidade. E foi justamente no calcanhar que ele foi ferido, durante a guerra de Tróia, quando morreu.

Esta história não é verdadeira, mas deu origem a uma famosa expressão, pois conhecemos o jargão “calcanhar de Aquiles” para denominar o ponto fraco de algo ou alguém.

No fundo, todos nós temos um (ou vários) calcanhares de Aquiles. Na EBD, desde a semana passada, temos falado sobre estas fraquezas que temos como cirstãos e que nos impedem de ter uma comunhão completa com Deus e com nossos irmãos. É o caso da inveja, do ódio, da fofoca, da língua grande, do orgulho, etc. É muito difícil tratar estas fraquezas, mas difícil também é admiti-las, e este é o primeiro passo para superá-las.

No próximo domingo, terminaremos a lição que trata deste assunto e todos estão convidados a participar….

E, falando em EBD, gostaria de receber sugestões de vocês sobre novas formas de tornar as aulas mais dinâmicas, acessíveis e interessantes para todos os jovens. Uma idéia que tenho para o ano que vem é transferir a classe de jovens de domingo de manhã para sábado as 19h, antes da União… Gostaria de saber, com sinceridade, quem não participa e passaria a participar neste novo horário. Pois nós somos o grupo da Igreja que tem atividade fixa no sábado a noite e também o que tem menor frequência na EBD. Penso que uma coisa possa estar ligada a outra (pois eu mesma tbm fico mto cansada) e, se for isso, poderemos tentar resolver…

Mas repito: ainda é só uma idéia, nada de oficial. Quero saber a opinião de vcs, bem comm o outras sugestões para, depois, levar para o Pr. Nilton, que será o responsável pela educação cristã no ano que vem. A Sandra já tinha se manifestado favoravelmente, caso houvesse interesse, mas não chegamos a consultar vocês….

Por favor, opinem

Um abraço e boa semana a todos…

Respostas bíblicas para perguntas intrigantes

agosto 26, 2010

Olá, pessoal…

Aqui estou eu de novo para convidá-los a participar regularmente da nossa Escola Biblica Dominical. Estamos trabalhando com a revista que coloquei no título do post. Se quiserem dar uma olhada, vejam neste site: http://www.ebdalternativa.com.br/product_info.php?products_id=1076&osCsid=607fe8ca4abe42bbdd387fa86b89c808

As lições são as seguintes:

01- Perguntas sobre Deus e a Criação
02- Perguntas sobre Bíblia
03- Perguntas sobre Cristo
04- Perguntas sobre pecado
05- Perguntas sobre sabedoria
06- Perguntas sobre salvação
07- Perguntas sobre vida eterna
08- Perguntas sobre nova vida
09- Perguntas sobre a Igreja
10- Perguntas sobre mística
11- Perguntas sobre momentos espirituais
12- Perguntas sobre momentos difíceis
13- Perguntas sobre fraquezas
14- Perguntas sobre Sexualidade
15- Perguntas sobre questões difíceis
16- Perguntas sobre finanças e textos especiais

Cada uma é composta de 4 perguntas e suas respostas bíblicas. Para termos mais tempo, temos dividido em dois domingos, 2 perguntas por domingo ( e quem participa sabe que tem sido pouco tempo, mesmo assim).

Várias pessoas pegaram revistas no começo, nas primeiras aulas ou no retiro e não tem participado. Se, por acaso, vc achou sem graça, quero te dizer que as aulas estão sendo ótimas. Com a participação de todos, inclusive dos missionários e seminaristas de plantão, temos conseguido aprofundar em vários temas que, na revista, são tratados de forma superficial. E ainda está em tempo de voltar a participar, pois usaremos a mesma revista até a primeira semana de dezembro…

Se vc não tem a revista, mas se interessou em participar, por favor, me procure, pois vamos fazer um novo (e último) pedido de revistas nesta semana ou no início da próxima. Entao, se quiser, me avise logo. Mas lembre-se: a Igreja paga por cada revista, embora não nos cobra nada para tê-la. Então, só peça se realmente for participar.

Desde já, obrigada a todos e até mais.

P.S.: Não quis publicar meu e-mail aqui, mas creio que todos tenham o e-mail do Wanderley, então, se quiserem pedir revistas, mandem e-mail para ele pedindo o meu….

Onde está Deus?

maio 19, 2010

Este é o vídeo que assistimos na EBD domingo ao responder à pergunta: Será verdade que Deus criou o mundo e depois o abandonou? E, em seguida, diferenciamos, também, o Criador da criação, concluindo que, embora a natureza seja prova da existência de Deus, é Ele e não ela que merece nossa adoração.

Abaixo a tradução da letra desta música, que se chama Beautiful. Para os que entendem inglês, tentem ouvir a letra ao assistir o vídeo… é emocionante…

Lindo

Quando eu olho as estrelas

Vejo quão longe elas estão

E como Você as segura com Suas mãos

E mesmo assim Você conhece este homem

Você conhece todo meu interior

Até melhor do que eu, que eu me conheço

Isso que é um Deus lindo

Isso que é um Deus lindo

E o que sou eu para ser chamado de Seu filho

O que sou eu? o que sou eu?

Você me conhece, meu Rei

O que sou eu? o que sou eu? o que sou eu?

Quando eu olho a distância

Assisto o sol se pôr

Cores bonitas ao meu redor, óh

Pintando o céu por toda parte

As mesmas mãos que criaram tudo isto

Eles criaram você e eu

Isso que é um Deus lindo

Isso que é um Deus lindo

E o que sou eu para ser chamado de Seu filho?

O que sou eu? o que sou eu?

Você me conhece, meu Rei

O que sou eu? o que sou eu?

Você morreu, pra que eu pudesse viver

O que sou eu? o que sou eu?

o que sou eu?

o que sou eu?

o que sou eu?

Criação do Universo

maio 15, 2010

Texto tirado do site da revista Superinteressante:

Todos os livros sagrados têm uma resposta sobre a natureza e a origem do Universo. Por que isso é tão importante para as religiões?

por Texto Tarso Araújo

No começo, era o nada. Então alguém resolveu contar a origem de tudo. E assim nasceu a tentativa do homem de explicar a origem do Universo. As civilizações mais antigas já tinham essa questão existencial. E as religiões, preocupadas em dar respostas a seus fiéis, não poderiam deixar de formular suas respostas. “Como surgiu tudo? Como é a origem do planeta, das coisas, do homem? Essas são as primeiras perguntas que o homem faz a si mesmo. Sejam indígenas, africanas, orientais, grandes ou pequenas, novas ou antigas, todas as religiões terão respostas para isso”, diz o teólogo da PUC-SP, Rafael Rodrigues, especialista no Antigo Testamento, que começa com a narrativa do livro do Gênese.

Na falta de referências, os homens costumam usar como matéria-prima dos mitos o mundo real para responder essas perguntas transcendentais. Por isso, a cosmologia de cada grupo social é um reflexo da cultura e do momento histórico de quem a inventa. “Os mitos colocam o que é mais importante na cultura local com uma importância proporcional nos mitos de criação”, diz Rodrigues. Logo o sol e a água, essenciais para a produção agrícola e a sobrevivência, sempre ocuparam lugar de destaque na mitologia das civilizações antigas. Muitas histórias sobre a origem do mundo começam contando como esses recursos foram criados ou controlados pelo homem.

Fonte: http://super.abril.com.br/religiao/criacao-mundo-447670.shtml

Será que nosso planeta é resultado desta grande explosão? Será que a explicação bíblica para a criação do mundo é só mais uma mitologia criada pelo homem por uma necessidade de explicar de onde viemos? Será que podemos acreditar na Bíblia? Ou nos cientistas? nos milhões de cérebros humanos que, juntos, chegaram a esta teoria?

Este é um dos assuntos que trataremos neste domingo na EBD, na primeira lição de nossa nova revista (Respostas bíblicas para perguntas intrigantes). Não deixe de participar….

Um abraço e até lá

Camila Rafanhim

Culto ou show?

maio 4, 2010

Este é o vídeo que assistimos no último domingo na EBD. É uma música do João Alexandre, chamada “É proibido pensar”. É muito polêmica, mas serve para nos despertar, nos fazer pensar e olhar as coisas de forma mais crítica. Uma frase desta música, para mim, é muito importante: “Deus já me deu sua palavra e é por ela que ainda guio o meu viver”.  A palavra de Deus deve ser o guia de nossas vidas.

No estudo de domingo aprendemos, em resumo, o seguinte:

“A essência do culto cristão é o amor” (Russel Shedd). Então o nosso culto e a nossa adoração devem ser uma forma de demonstração de amor, devem ser para agradar a Deus. (Hebreus 12:28).

O culto cristão deve ser Integral, coerente e teocêntrico.

Integral porque deve envolver o corpo, os sentimentos e a razão (Rm 12:1).

Coerente porque deve revelar aquilo que realmente está em nosso coração e deve ser algo sincero. Além disso, deve ser consequente, ou seja, trazer resultados, pois, quando Deus fala, é impossível ficar indiferente.

POr fim, deve ser teocêntrico, ou seja, centrado em Deus. Só Ele, e não o ser humano, deve ser o centro do nosso culto e de nossa preocupação. O culto não é para satisfazer a nós próprios ou para agradar pessoas, mas para demonstrar amor e adoração unicamente a Deus.

Espero que tenham sido abençoados pelo estudo, pois eu fui, grandemente.

No próximo domingo, estudaremos a lição 16  da nossa Revista (“Iluminando as trevas ou apagando a luz?”) e encerraremos esta revista. Na semana seguinte, iniciaremos uma nova revista com o título: Respostas bíblicas para perguntas intrigantes. Com certeza, ainda mais interessante que a atual. E Deus tem falado muito conosco a cada domingo. Que possamos buscar ainda mais o conhecimento da palavra, para que cresçamos espiritualmente e não pequemos.

Um abraço a todos e boa semana

Camila Rafanhim